Profissionalmente sobre opções binárias

Justiça procura saldo de R$ 800 mil em criptomoedas da G44 Brasil na BitcoinTrade e na Brasil Bitcoin

Share this article

A Justiça determinou o bloqueio de R$ 800.000 em criptomoedas em nome da G44 Brasil. De acordo com a decisão, as exchanges BitcoinTrade e Brasil Bitcoin devem informar sobre qualquer saldo em nome da empresa citada como ré. Para tirar proveito dessa situação, use a funcionalidade do Mercado e ganhe todos os dias.

Justiça procura saldo de R$ 800 mil em criptomoedas da G44 Brasil na BitcoinTrade e na Brasil Bitcoin

Além disso, o nome de Joselita de Brito de Escobar também aparece na decisão judicial que pede o arresto de criptomoedas. Nesse caso, a líder da G44 Brasil também pode ter saldo bloqueado nas exchanges que foram mencionadas no processo. A Olymp Trade permite que os usuários participem de negociações lucrativas com altas probabilidades, usando as informações dos analistas.

Assim, as corretoras de criptomoedas poderão bloquear o valor em nome da G44 Brasil para o pagamento de investidores com saques em atraso na plataforma. Qualquer saldo em criptomoedas poderá ser utilizado para o pagamento da dívida da G44 Brasil.

Desse modo, a decisão judicial publicada nesta sexta-feira (11) pede que um ofício seja enviado para as exchanges citadas na ação. O documento permitirá o arresto e o bloqueio de qualquer saldo ligado ao negócio, que é investigado como pirâmide financeira.

Criptomoedas da G44 Brasil

A G44 Brasil é uma empresa de investimentos que oferecia alta lucratividade para os clientes. No entanto, com saques suspensos desde o final de 2019, o negócio enfrenta problemas para devolver o dinheiro dos investidores.

Sendo assim, dois processos judiciais pedem o bloqueio de criptomoedas em nome da G44 Brasil. Nesse caso, foram citadas especificamente as exchanges BitcoinTrade e Brasil Bitcoin.

Ou seja, as criptomoedas da G44 Brasil serão procuradas nessas plataformas que devem receber um ofício em breve sobre o caso. Somente em um dos processos judiciais o investidor pede o bloqueio de R$ 800.000 em criptomoedas.

“Defiro o pedido para que oficie as corretoras PeerTrade Digital LTDA (BitcoinTrade) e Brasil Bitcoin Serviços Digitais LTDA para que indiquem a existência de valores em criptomoedas, em nome de Joselita de Brito de Escobar e G44 Serviços Administrativos LTDA. Em caso positivo, bloqueiem os valores referentes aos criptoativos necessários à satisfação do crédito, comunicando este Juízo para futura efetivação da penhora.”

Pirâmide financeira

Com a promessa de lucro fácil, a G44 Brasil recebia investimentos que podiam ser transformados em criptomoedas. Por diversas vezes a empresa disse que o lucro do negócio era proveniente de operações no Mercado de Bitcoin.

Opções para viver de renda em tempos de juros baixos
Alunos da USP vencem competição sobre criptomoedas e recebem prêmio de R$ 8 mil

Últimas notícias

No results found

Opções Binárias Brasil

No results found

Forex Brasil

You May Also Like

Menu